18/3/2019

|

#próteses

Um cirurgião com experiência total de substituição do quadril, diminui as chances de complicações pós-cirúrgicas e a necessidade de uma segunda cirurgia.

Você sabia que escolhendo um cirurgião experiente aumenta a probabilidade de uma cirurgia de substituição do quadril ser bem sucedida?


Em estudo, pesquisadores descobriram que a experiência de um cirurgião afetava a probabilidade de um paciente ter complicações que exigissem uma segunda cirurgia de “revisão”. Especificamente, os autores descobriram que:
- Dos pacientes cujos cirurgiões realizaram 50 ou mais substituições totais do quadril por ano, 0,7%
necessitaram de uma cirurgia de revisão;
- Dos pacientes cujos cirurgiões realizaram entre 6 e 25 substituições totais do quadril por ano, 1,3%
precisaram de uma cirurgia de revisão.

A diferença nas taxas de cirurgia de revisão foi observada nos primeiros seis meses após a cirurgia de substituição do quadril. Após esse período, não foram observadas diferenças significativas. O mesmo estudo não encontrou diferenças nas taxas de revisão entre hospitais de alto volume e de baixo volume. Os pacientes têm o direito de perguntar a um cirurgião com que frequência realiza substituições de quadril e sobre suas taxas individuais de sucesso e complicações.

Além de escolher um cirurgião com experiência total de substituição do quadril, o paciente também deve escolher um com quem se sinta à vontade para conversar. Um paciente e um cirurgião devem ter conversas francas sobre o tempo e o esforço que precisam ser aplicados na reabilitação pós-cirúrgica, bem como possíveis resultados e complicações de curto e longo prazo.

Cuide da sua saúde com quem é especialista